Smart speakers devem ter um crescimento de 82% entre 2018 e 2019
23/04/2019 15:37 em Notícias do Brasil

As tão faladas smart speakers, ou caixas de som inteligentes, estão mudando de forma considerável o consumo de áudio nos Estados Unidos. Segundo uma previsão da Canalys, a base mundial desses dispositivos deve saltar 82,4% na comparação entre 2018 e 2019. Ou seja, as smart speakers estão cada vez mais populares e presentes na realidade das pessoas, dispositivos que tem incrementado a audiência do rádio em residências nos Estados Unidos.

 

NAB SHOW 2019 | Veja o que foi notícia no maior evento de comunicação e tecnologia do mundo. Confira aqui a cobertura do tudoradio.com direto dos EUA

 

Vamos aos números da Canalys: em 2018 eram cerca de 114 milhões de smart speakers em todo o mundo e esse número deverá saltar para 207,9 milhões até o final de 2019, segundo previsão da empresa que é especializada em análises do mercado tecnológico.

Mais informações: segundo a Canalys, até 2021, smart speakers como Google Home, o Amazon Eco e o HomePod da Apple ultrapassarão os tablets em unidades ativas e comercializadas, quando quase 400 milhões de caixas de som inteligentes estarão ativas em todo o planeta.

Bom para o rádio

Conforme destacado pelo tudoradio.com em cobertura do NAB Show 2019, as smart speakers tem incrementado de forma significativa a audiência de rádio em ambientes residenciais nos Estados Unidos, sendo uma solução para a diminuição de receptores AM/FM nesses locais.

Cerca de 25% do uso das smart speakers por parte da população norte-americana é para ouvir música em rádios originadas no AM e no FM. Já 15% desse uso é para consumo de noticias e programas no formato “talk” em rádios FM/AM. Esse panorama foi tema da edição especial do Painel tudoradio.com NAB Show 2019, este que foi ao ar ontem (17) - clique aqui para assistir.

Para se ter uma ideia, o uso das smart speakers para ouvir música em rádio só fica atrás de funções como perguntas gerais, informações sobre as condições do tempo e relógio/alarme (todas entre 28% a 25% de uso). A busca pela audição de música em rádio é o primeiro item de uso de multimídia nesses dispositivos (saiba mais).

Recomendamos:
Confira aqui a cobertura completa do tudoradio.com do NAB Show 2018
Nielsen aponta que "midia tradicional" serve de referência para consumo de conteúdo on-line

Presença das smart speakers no mundo

A empresa Canalys aponta que os Estados Unidos correspondem por 42,2% da base mundial de smart speakers e, até o final do ano, esse número deverá subir para 46% (correspondendo à 90 milhões de unidades). 

E o crescimento da presença das smart speakers nos países asiáticos é mais rápido, incluindo a China (crescimento de 166% para 59,9 milhões de unidades), Coréia do Sul (132%) e Japão (131%).  

O mercado desse dispositivos no Canadá deverá crescer 80%, seguido pela Alemanha (49%) e pelo Reino Unido (47%), estima a Canalys.

No Brasil…

A primeira caixa de som inteligente (smart speakers) a ser comercializada no Brasil  é da marca JBL. Ela embarca o Google Assistant, ou seja, utiliza o mesmo sistema inteligente da linha Google Home (dispositivos que também já contam com suporte para operação em português).

A novidade da JBL, marca que também foi notícia recentemente por embarcar o FM em um de seus novos modelos de dispositivos, está repercutindo nesta quinta-feira (18) no Brasil.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!